INÍCIO > Ed. física
   início
 minha página
 índice
Calcule seu gasto energético
 
Home Educação Física
 
 Outros artigos




   A AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO  

por Gilson Brun


O Ensino Médio encerra a educação básica e tem por finalidade consolidar os conhecimentos adquiridos no Ensino Fundamental por meio da construção de competências básicas que situem o aluno como produtor de conhecimento e cidadão participante.

Existe a necessidade de integrar a aula de Educação Física às demais disciplinas, buscando alcançar os objetivos com base nos conhecimentos que lhe são próprios. Por isso, o trabalho interdisciplinar é muito bem aceito nesse nível.

Segundo os PCN, as competências e habilidades que os alunos possuem possibilitam conhecimento, informações e aprendizagens individuais que fundamentam o aluno para o autogerenciamento das atividades corporais, capacitando-o para uma análise crítica dos programas de atividade física e para o estabelecimento de critérios para julgamento, escolha e realização de atividades corporais saudáveis.

Com isso, cada vez mais surge a idéia de integrar à Educação Física o conceito de qualidade de vida, porque essa abordagem traz subsídios e informações para a conscientização da importância da atividade física como uma prática regular do dia-a-dia.

O aluno do Ensino Médio

Nessa fase, os alunos estão passando pelas transformações e turbulências típicas da adolescência. Existem várias definições que buscam caracterizar esse período em diferentes dimensões (psicológica, física, social, etc.), mas, de maneira geral, há um consenso de que essa fase se caracteriza por ser um momento de transição entre a infância e a juventude. De certo modo, os primeiros anos da adolescência têm muito em comum com os primeiros anos da infância.
Durante a puberdade, tanto os meninos quanto as meninas têm um aumento acelerado do peso, da altura e do desenvolvimento muscular e esquelético, o que pode afetar o desempenho do aluno nas aulas de Educação Física no que diz respeito à força física. Além das mudanças diretamente relacionadas à puberdade, há mudanças fisiológicas que influenciam o desempenho físico dos alunos de ambos os sexos.

As atividades para a aula de educação física

O aspecto cultural é um fator importante para determinar as atividades a serem selecionadas para as aulas de Educação Física. Cada adolescente tem um estilo próprio e identifica-se com as modalidades que vão ao encontro dos seus interesses e características. No eixo que norteia a proposta de conteúdos a serem trabalhados no Ensino Médio, temos esportes coletivos e individuais, danças, ginástica, lutas, além de outras atividades que, com a globalização, estão tendo destaque e fazem parte do cotidiano do adolescente. Abordar ainda temas como nutrição, fisiologia e outros ligados à saúde e à qualidade de vida ajuda os alunos a ter um desenvolvimento global.