Para imprimir, clique na impressora.
imprimir
 
LUZ E DESENVOLVIMENTO VEGETAL
 

Efeito da Luz sobre o Desenvolvimento Vegetal

A luz é muito importante para o crescimento e o desenvolvimento dos vegetais por vários fatores: realização da fotossíntese, germinação de sementes e indução da produção das flores. Vamos saber mais sobre fotoperiodismo, fotoblastismo e estiolamento.

 
 
FOTOPERIODISMO
 
  Ao serem submetidas a um dia de 8 horas e uma noite de 16 horas, as PDCs, PDLs e plantas indiferentes apresentam as seguintes reações:
 

Esta planta floresceu porque as plantas de dias curtos (PDC) florescem quando submetidas a períodos de luminosidade inferiores a um certo valor crítico.

Nesse caso o valor crítico foi de 8 horas.

 

Esta planta não floresceu porque as plantas de dias longos (PDL) florescem quando submetidas a períodos de luminosidade maiores que um certo valor crítico (chamado fotoperíodo crítico), que em geral está entre 12 e 16 horas, de acordo com a espécie.

Nesse caso o fotoperíodo, ou seja, o período de luminosidade, foi de 8 horas, que é muito curto para que ocorra o florescimento dessas plantas.

  As plantas indiferentes ou neutras florescem independentemente do comprimento do dia.
     
  Ao serem submetidas a um dia de 16 horas e uma noite de 8 horas, as PDCs, PDLs e plantas indiferentes apresentam as seguintes reações:
 

Esta planta não floresceu porque as plantas de dias curtos (PDC) florescem quando submetidas a períodos de luminosidade inferiores a um certo valor crítico.

Neste caso o período de luz foi de 16 horas, que é muito longo para que ocorra a estimulação do florescimento destas plantas.

 

Esta planta floresceu porque as plantas de dias longos (PDL) florescem quando submetidas a períodos de luminosidade maiores que um certo valor crítico, que em geral está entre 12 e 16 horas, de acordo com a espécie.

Neste caso, o período de luminosidade foi de 16 horas, que é suficiente para estimular o florescimento dessas plantas.

  As plantas indiferentes ou neutras florescem independentemente do comprimento do dia.
     
  Ao serem submetidas a um dia de 8 horas, uma noite de 8 horas, alguns instantes de luminosidade e mais uma noite de 8 horas, as PDCs, PDLs e plantas indiferentes apresentam as seguintes reações:
 

Esta planta não floresceu, apesar de ter sido submetida a um período curto de luz, porque, na verdade o comprimento da noite é que é crítico para floração e não o comprimento do dia. Portanto, as PDC necessitam de uma noite longa para florescer.

Como esta PDC foi submetida a uma noite longa, mas interrompida, mesmo que por alguns instantes de luminosidade, a planta não floresceu.

 

Esta planta floresceu porque foi submetida a uma noite longa, mas interrompida por um momento de luminosidade.

É o comprimento da noite e não o do dia que é crítico para a floração. Isso significa que uma PDL necessita de uma noite curta para florescer.

Então, se uma PDL for submetida a uma noite longa, mas interrompida por um breve período de luz, ela florescerá, pois essa noite longa interrompida equivale a duas noites curtas.

  Esta planta floresceu porque as plantas indiferentes ou neutras florescem independentemente do comprimento da noite.
     
FOTOBLASTISMO

Fotoblastismo é o efeito da luz sobre a germinação de sementes.

Semente fotoblástica positiva

A luz estimula a germinação das sementes fotoblásticas positivas. Portanto, estas plantas não germinam no escuro. No ambiente, essas sementes germinam quando se encontram na camada superficial do solo.

 
 
 

Semente fotoblástica negativa

A luz inibe a germinação das sementes fotoblásticas negativas. Portanto, estas plantas só germinam no escuro. No ambiente, essas sementes germinam quando se encontram numa camada profunda do solo.

 
Semente não-fotoblástica

As sementes não-fotoblásticas germinam tanto na ausência quanto na presença de luz.
 
 
 

ESTIOLAMENTO

Estiolamento é o conjunto das características apresentadas por uma planta que se desenvolve no escuro.

O estiolamento é um mecanismo que protege as plantas recém-germinadas do atrito com o solo e faz com que elas cresçam mais rapidamente em direção à luz.

As folhas são pequenas e o ápice caulinar tem forma de gancho para evitar que as folhas e o meristema apical sejam danificados pelo atrito com o solo. Ao atingir a luz, a planta passa a ter desenvolvimento normal.

 
Estas plantas apresentaram desenvolvimento normal porque estavam expostas à luz do Sol.
   
Estas plantas não se desenvolveram normalmente porque permaneceram por vários dias no escuro. Elas apresentam folhas pequenas, caule mais longo que o normal, ápice caulinar em forma de gancho e coloração branco-amarelada, por causa da ausência de clorofila.