1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. A fantástica fábrica de campeões
 
O doping genético

Outra preocupação do Wada, que pode até parecer ficção científica por enquanto, está relacionada ao doping genético; tanto que a entidade já o incluiu na lista de métodos proibidos. “A preocupação da Agência Mundial em incluir o doping genético em sua lista se deve ao fato de não sabermos quando ele vai ser usado. Já estão sendo realizados estudos para desenvolver essa técnica. Inicialmente, eles são teóricos, para depois serem feitos em animais e, posteriormente, em seres humanos. Ainda estamos no período de verificação animal, então, em poucos anos, ela vai ser usada em pessoas”, sentencia De Rose. Assim, para os Jogos de Atenas, as chances de que a técnica seja utilizada são muito pequenas.

O que mais chama atenção nessa nova categoria de doping é que ela seria muito difícil de ser detectada, já que se trata de uma manipulação que pode ocorrer desde o nascimento do atleta. Mesmo assim, De Rose diz que toda vez que há um doping novo, consegue-se criar um teste para ele. “Quando o doping genético estiver sendo usado, haverá alguma forma de controle”, afirma.

 

 

 

 

 

« anterior próxima »
Introdução
Criando Recordistas
O que é o doping?
O doping genético
Brasil, exemplo de fair play
   
Notícia Comentada: Dirigentes contra o doping
Cartilha de orientação aos atletas sobre o uso de medicamentos no esporte do COB