1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. Educação e empreendedorismo
 
São José dos Campos
Prefeitura aposta em empreendedorismo desde os primeiros anos

São José dos Campos é o que se pode chamar de uma cidade empreendedora. E, como uma das características dos empreendedores é mostrar o que sabe na prática, a cidade já possui um programa muito bem desenvolvido para trabalhar essa cultura na educação de jovens e crianças. O bê-á-bá do empreendedorismo é dado como disciplina aos 45 mil alunos de suas escolas públicas desde os primeiros anos da alfabetização, passando ao largo das polêmicas sobre o assunto. “Começamos a trabalhar o tema com estudantes desde os 3 anos de idade”, afirma Maria América de Almeida Teixeira, secretária de Educação do município.

Jarbas Moura Rosa/PMSJC
Entrada da Feira do Jovem Empreendedor Joseense.

A garotada acaba aprendendo o tema também na prática, com oficinas de trabalho, como uma locadora de gibis, e com a montagem de um plano de negócios, que é aperfeiçoado a cada ano e compartilhado com todos os integrantes da classe. “Desde 1997, visito todas as escolas da cidade para estimular alunos, professores e pais a buscarem a realização dos sonhos das crianças e jovens pelo estudo bem orientado e pelo esforço individual”, afirma o responsável por tudo isso, o prefeito Emanuel Fernandes.

 

Jarbas Moura Rosa/PMSJC
Estande onde os alunos da cidade apresentam seus produtos.

Ele explica que, gradualmente, o empreendedorismo foi colocado na agenda da educação municipal por meio da participação dos estudantes em projetos como o Junior Achievement, por exemplo. “Hoje, estamos muito mais adiantados nesse processo. No início de 2003, começamos a realizar, nas escolas e pré-escolas municipais, o programa Pedagogia Empreendedora, que se tornou um dos mais importantes instrumentos de difusão da visão empreendedora na educação: as escolas públicas de São José dos Campos estão desafiando seus alunos a aprender a empreender”, conta.

O programa de educação se transformou num dos pontos fortes da administração do prefeito, que está à frente da Prefeitura desde 1997, e contribuiu muito para a conquista do primeiro lugar do Prêmio Sebrae-SP Prefeito Empreendedor Mário Covas. “Esse prêmio representa para nossa cidade uma láurea que nos enche de orgulho e satisfação: é o reconhecimento de que realmente somos uma terra de gente empreendedora. A propósito, São José dos Campos foi finalista em todas as edições anteriores do prêmio, o que comprova o valor e a importância das iniciativas do governo municipal de abrir oportunidades e estimular os cidadãos a desenvolver e pôr em prática seu espírito empreendedor”, conta, cheio de orgulho, o prefeito.

Dona de um parque industrial de fazer inveja, a cidade de São José dos Campos abriga grandes empresas, como a Embraer, a General Motors e a Petrobras. Mas, ignorando o suporte econômico criado por esses grandes grupos, Fernandes adotou o empreendedorismo como bandeira. A nova filosofia, segundo o prefeito, objetiva evitar que “qualquer resfriado possa derrubar a economia local”, que antes era baseada nos negócios feitos pelas grandes companhias. Hoje, as 16 mil micro e pequenas empresas de São José dos Campos são responsáveis por mais de 60% dos empregos formais.

“Todos os projetos, atividades e parcerias da Prefeitura trazem a marca do empreendedorismo. Atualmente, estamos iniciando a construção do Centro do Empreendedor e, futuramente, vamos abrir mais um espaço para incubação de empresas. Outra iniciativa recente e que é da maior importância para a cidade e toda a região é a criação do Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista”, conta o prefeito, já prevendo que a cidade será líder do desenvolvimento econômico da região.

Satisfação

Jarbas Moura Rosa/PMSJC
Estande onde os alunos da cidade apresentam seus produtos.

Para apresentar as idéias de negócios dos alunos ao mercado, anualmente a cidade promove a Feira do Jovem Empreendedor Joseense, que reúne estudantes dos Ensinos Fundamental, Técnico Profissionalizante e Superior. “É legal ver que as pessoas gostam dos nossos produtos e é ótimo representar nossa escola. Além de ser uma satisfação muito grande, o incentivo para continuarmos nesse caminho é muito grande”, contam os alunos Paloma, Ana Vitória, Antônio, Felipe, Allan R., Mariane, Jefferson, Luciana, Ellen F. e Luan, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Dosulina C. C. de Andrade. Ainda cursando a 4.ª série do Ensino Fundamental, os estudantes criaram uma empresa de biscoitos, a Biscuit Mania. “Durante a feira, vendemos tudo o que produzimos e ainda tivemos que atender inúmeros telefonemas de pessoas que queriam ter aulas de biscuit comestível”, contam os pequenos empreendedores.

anterior |
   
O empreendedorismo invade a educação
Ensinando professores
Entrevista:
Junior Achievement
Experiência de São José dos Campos