Eleições 2002

Em outubro, o Brasil vai realizar o maior pleito de sua história. Num momento de instabilidades econômicas mundo afora, o eleitor, que nunca foi tão crítico quanto agora, escolherá o novo presidente da República, novos governadores, novos deputados e novos senadores, ou seja, as pessoas que terão nas mãos as rédeas do país. Mais do que nunca, as escolhas que fizermos devem ser conscientes e responsáveis para que o Brasil saia fortalecido do seu exercício de democracia.

Juca Martins/Pulsar Imagens
 

Na super-reportagem que preparamos, você ficará conhecendo como funciona o intrincado processo eleitoral brasileiro e um pouco do que acontece lá fora, além de encontrar, entre outras coisas, dicas para o dia da votação e o calendário eleitoral. Tudo para que você, eleitor, ou futuro eleitor, tenha condições de fazer escolhas criteriosas que contribuam para a melhora do país.

 

Números e mais números

Mais de 100 milhões de pessoas irão às urnas no dia 6 de outubro para escolher entre 18.151 candidatos que vão disputar mais de 1.600 vagas no Executivo e no Legislativo. Um mar de números que parece tomar conta de tudo o que envolve as eleições e pode confundir muita gente na hora do voto. Veja só: o cargo que recebeu mais inscrições de candidatos foi o de deputado estadual e distrital, com 12.978 registros, e que tem 1.059 vagas. Só em São Paulo, foram 1.634 inscritos.

Em 1998, foram 3.354 inscrições para o cargo de deputado federal. Agora, esse número passou para 4.629 candidatos para preencher uma das 513 vagas na Câmara dos Deputados. Mais uma vez, o estado de São Paulo é o recordista de registros, com 849 inscritos, e Tocantins, o estado com menor índice de registros, 71.

Para o cargo de presidente da República, o número de registros caiu pela metade. Em 1998, eram 12 candidatos e, este ano, a disputa será entre apenas seis. Curiosidade: na última eleição presidencial, havia uma candidata ao cargo, Thereza Ruiz, do PSN. Em 2002, a única mulher, Roseana Sarney, do PFL, desistiu ainda em abril último depois de ter sua candidatura abalada por denúncias de corrupção em seu governo no Maranhão.

Quando for escolher seus candidatos, é muito importante procurar saber tudo sobre eles, desde seu passado político até quem são as pessoas que o apóiam, para que seu voto não naufrague junto com políticos que não vão representar você nos cargos que ocuparem. Procure ter certeza de que o candidato que está recebendo seu voto é o melhor para o país, senão você terá de esperar mais quatro anos para escolher alguém mais capacitado para o cargo.

 

Cargos que serão renovados nestas eleições

Neste ano, devemos escolher o novo presidente da República, o governador do estado, dois senadores, os deputados federais e os deputados estaduais/distritais.
O Senado é renovado de quatro em quatro anos, alternadamente um e dois terços da casa. Assim, em 1998, na última eleição para senador, elegemos apenas um candidato. Nesta, elegeremos dois senadores. Cada estado e o Distrito Federal são representados no Senado por três senadores.

 

  ||> Início
||> No dia da eleição
||> Justiça Eleitoral
||> Calendário Eleitoral
||> Glossário
||> Perfil dos candidatos
||> Lula é eleito presidente
Lula e Serra continuam na corrida pela Presidência

A contagem dos votos confirmou o segundo turno entre os candidatos. Agora, recomeça a busca por alianças que garantam a vitória no dia 27 de outubro.

Jovem brasileiro prefere não votar

Pesquisa do Unicef revela que o número de adolescentes em idade eleitoral que irão votar diminuiu da última eleição para a atual.

Presidencialismo x Parlamentarismo
Entenda quais são as diferenças e os benefícios entre os principais modelos de governos no mundo.
Voto Proporcional x Voto Distrital
Qual modelo representa melhor o eleitorado? Por que tanta polêmica em torno dos dois sistemas?
As eleições nos EUA
O país mais democrático do mundo parece ter problemas para eleger seus presidentes. Mas será que essa "bagunça" não é saudável para a democracia?
Problemas Nacionais

Confira a série de Notícias Comentadas que preparamos para que você esteja por dentro das principais questões que o próximo governo terá que enfrentar.