Mulheres e política


por Roberta Obladen

Hoje, é um pouco mais comum nos depararmos com mulheres que são chefes de Estado, porém essa realidade precisou de muita luta para ser alcançada.
O sufrágio feminino, ou seja, o direito ao voto, foi uma das lutas mais marcantes que mulheres do mundo inteiro travaram contra sociedades extremamente machistas e conservadoras.

Mesmo com direitos, considerados iguais aos dos homens, ainda é minoria a quantidade de mulheres que se candidata e que chega a ocupar um cargo político. Para mudar essa situação e tentar ao menos uma igualdade entre representantes dos dois sexos na esfera política, o governo implantou a Lei de Cotas, obrigando todos os partidos a destinar pelo menos 30% de suas legendas às mulheres. Essa é uma oportunidade de as mulheres ocuparem um outro espaço e levarem questões que muitas vezes são deixadas de lado às pautas nacionais e internacionais.