1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. 11 de agosto : Dia do Estudante


Fachada do prédio da faculdade de direito do Largo São Francisco.



Já pensou se todos os brasileiros que quisessem cursar Direito tivessem de atravessar o Oceano Atlântico? Até 1827, a faculdade mais próxima ficava em Coimbra, Portugal. Somente em 11 de agosto daquele ano um decreto imperial instituiu os "Cursos de Sciencias Jurídicas e Sociais" no Brasil.

Em uma canetada, D. Pedro I criou dois cursos: um em Olinda, posteriormente transferido para Recife, e outro em São Paulo. Este último foi inaugurado em 1º de março de 1828, poucos meses antes da fundação do curso pernambucano. O lugar escolhido para acolhê-lo foi o Convento de São Francisco, no coração da capital paulista. No edifício de taipa de estilo barroco, construído em meados do século XVII, as primeiras turmas eram de apenas 40 alunos.

Durante o centenário da criação dos cursos jurídicos no país, a proposta de Celso Gand Ley de comemorar o Dia do Estudante em 11 de agosto foi acolhida com entusiasmo. Em 1934, o antigo convento deu lugar ao atual prédio de quatro pavimentos, em torno do Pátio das Arcadas. Nesse mesmo ano, sua incorporação à USP foi formalizada por Getúlio Vargas.

Uma sina acompanhou os 173 anos de história da Faculdade de Direito do Largo São Francisco: influir na vida política e cultural brasileira. Sentaram-se em seus bancos nove presidentes da República e um sem-número de escritores, poetas e artistas abrilhantaram suas salas.

Conheça quem já passou pela tradicional faculdade >>

Nossa homenagem ao Dia dos Estudantes >>


 voltar outras reportagens continua