1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. 2011 - Ano Internacional das Florestas
texto

Floresta do Congo

Floresta do Congo: grande biodiversidade na África Central

Localização – abrangendo grande parte da África Central, desde o Golfo da Guiné até porções mais continentais nas montanhas Albertine Rift, é a segunda maior floresta tropical do mundo, ficando atrás apenas da Floresta Amazônica, na América do Sul. Estende-se por seis países, sendo eles Camarões, República Centro Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, Guiné Equatorial e Gabão, totalizando aproximadamente 1.800.000 quilômetros quadrados.
Crédito: © iStockphoto/SeppFriedhuber
Cerca de 10 mil espécies de plantas, mil espécies de aves e 400 espécies de mamíferos compõem a Floresta do Congo

Clima – a floresta é cortada pela Linha do Equador, o que lhe confere características de clima tropical, sendo mais úmida na porção costeira do Atlântico e mais seca nas porções continentais.
Características – esse tipo climático da região é propício a uma grande biodiversidade – como na Floresta Amazônica –, com cerca de 10 mil espécies de plantas, mil espécies de aves e 400 espécies de mamíferos. Outra importante peculiaridade das duas florestas é o fato de estarem associadas a um rio de grandes dimensões. No caso da Floresta Africana, há o Rio Congo, o segundo maior do mundo tanto em volume de água quanto em área drenada, ficando atrás do Amazonas nesses dois quesitos. Os principais representantes da flora dessa formação florestal são o cedro vermelho, o mogno, o carvalho, a paineira e palmeiras diversas, além de belas orquídeas e lírios.

Crédito: © iStockphoto/willyseto
Orquídeas e lírios fazem parte dessa formação florestal

Fauna – os animais presentes na Floresta do Congo povoam o nosso imaginário quando o assunto é o continente africano: são leões, elefantes, búfalos, rinocerontes, zebras, leopardos, girafas e outros mamíferos de grande porte, com destaque para os primatas, principalmente chimpanzés e gorilas. Também há lagartos e camaleões diversos representando os répteis, além de aves comuns ao continente e uma miríade de insetos.

Crédito: © iStockphoto/guenterguni
Fauna diversificada: de leões aos primatas muitos mamíferos de grande porte povoam o local

Situação atual – a Floresta do Congo é um dos ecossistemas mais ameaçados do mundo, por pressões econômicas dos povos que ali habitam. As queimadas realizadas com vistas no desenvolvimento da agricultura de subsistência e a interminável guerra civil vivida pelos congoleses acabam por devastar a área florestal. Desde o final do século passado, a Floresta do Congo apresenta as maiores taxas de desflorestamento do mundo.