1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. Mulheres vão à luta




Cada vez mais prêmios e medalhas

O preconceito e a falta de apoio à participação de mulheres no esporte foi, por muito tempo, responsável pela quase ausência delas em olimpíadas. Nas últimas décadas, no entanto, as esportistas foram aumentando sua participação cada vez mais e, atualmente, as delegações brasileiras que vão às principais competições apresentam quase o mesmo número de homens e mulheres.

Em 2004, por exemplo, havia 125 brasileiros contra 122 brasileiras competindo nos jogos olímpicos de Atenas. Vale lembrar que foi naquela edição dos jogos que o time feminino levou a medalha de prata no futebol, modalidade até então dominada por eles. Desse time que fez história, a jogadora que mais se destaca é Marta. Ela, que tinha apenas 18 anos em 2004, já foi eleita duas vezes pela FIFA a melhor jogadora do mundo. Jogando na Suécia desde 2003, ela tem uma carreira espetacular, sempre se sobressaindo como artilheira nos campeonatos dos quais participa. Em 2007, Marta fez história de novo: deixou suas marcas na calçada da fama do Estádio do Maracanã, figurando ao lado de nomes como Pelé e Garrincha.

Mas, antes de Marta, o Brasil já vibrava, nos anos 80 e 90, com Hortência e Magic Paula, nossas estrelas do basquete. Hortência tem seu nome no Naismith Memorial Basketball Hall of Fame, o maior templo do basquete mundial, nos Estados Unidos — país que abriga a mais famosa liga de basquete do mundo, a NBA. Cada uma tem sua lista de recordes. Paula é a jogadora que mais disputou partidas e mundiais. Hortencia é a que mais marcou por jogo.

E você sabe qual foi a primeira mulher a ganhar uma medalha olímpica? Na verdade, foram duas: Jaqueline e Sandra, no vôlei de praia em Atlanta, 1996. E elas levaram logo o ouro. Na mesma edição, o time feminino de vôlei de quadra levou o bronze, e o de basquete, a prata. Sem falar na outra dupla de vôlei de praia, Adriana e Mônica, que não fez feio: faturou a prata. Desde então, cada vez mais as mulheres têm contribuído para o score brasileiro nas olimpíadas e em diversos outros campeonatos de destaque em todo o mundo.