1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. Napoleão : o general que dominou a Europa
Início das Guerras Napoleônicas

Napoleão conseguiu manter a paz no continente enquanto introduziu suas reformas e consolidou seu poder. Entretanto, a paz não foi duradoura. Pelo tratado de paz assinado entre França e Grã-Bretanha, em 1802, esta deveria devolver à França a Ilha de Malta (dominada em 1800) e todos os territórios conquistados nas Américas. O governo francês sabia que a paz não duraria muito, por isso construiu navios em ritmo acelerado e treinou um exército de aproximadamente 150 mil homens no norte da França. Os ingleses perceberam que Napoleão estava preparando uma invasão das Ilhas Britânicas e declararam guerra em maio de 1803.

A princípio, foram travadas batalhas apenas no Haiti. Ocasião em que os ingleses auxiliaram escravos rebelados a conquistar a independência do país em 1804. Entretanto, em 1805, após a criação da Terceira Coalizão, a guerra esquentou. A Guerra da Terceira Coalizão foi breve, terminando ainda em 1805. Apesar de obter, provavelmente, a sua maior vitória militar na Batalha de Austerlitz, Napoleão sofreu um enorme revés: A Grã-Bretanha dizimou a marinha espanhola e a francesa na Batalha de Trafalgar. A partir de então, a Grã-Bretanha teve o controle dos mares.

A vitória contra a Áustria permitiu que Bonaparte redesenhasse o mapa da Europa. Ele obrigou o Imperador da Áustria a abdicar de seu título de Sacro Imperador e o milenar Sacro Império Romano-Germânico foi extinto. Com isso, centenas de pequenos territórios austríacos perderam sua independência e foram incorporados a outros estados germânicos aliados de Napoleão, formando a Confederação do Reno, que deveria ser leal a Bonaparte. A Prússia sentiu-se ameaçada com o poder da França sobre os estados germânicos membros da confederação e declarou guerra. A Quarta Coalizão foi formada, e, pouco mais de um ano depois, derrotada. Nessa ocasião, Napoleão tornou-se o Senhor da Europa.


Terceira Coalizão

Após declararem guerra contra a França, os ingleses trataram de negociar com diversas monarquias a criação de uma nova coalizão, oferecendo vantagens econômicas a quem aderisse a ela. Em abril de 1805, a Grã-Bretanha conseguiu o apoio da Suécia. Posteriormente, outras monarquias aderiram à coalizão.

leia mais::


Quarta Coalizão

A Prússia se sentiu ameaçada com a criação da Confederação do Reno, ocorrida em junho de 1806, e decidiu se juntar à Grã-Bretanha na guerra contra a França em agosto daquele ano.

leia mais::

anterior | próximo
   
Início
Começa a Revolução Francesa
Napoleão decide a Guerra
“Exílio” no Egito
Do Diretório ao Império
Início das Guerras Napoleônicas
O Bloqueio Continental e o inimigo inglês
A Guerra Peninsular
De repente, o fim de uma era
Os cem dias
O legado da Era Napoleônica