Vai ser preciso criar outra lista de livros de sucesso: a dos livros escritos por mais autores. Ziraldo e os Meus Direitos é o primeiro título da Oficina do Livro. Se depender do envolvimento das crianças, uma maravilhosa biblioteca de livros infantis está a caminho.



Ziraldo - seu desenhos originaram mais
de 3.000 livros sobre os direitos da criança


As ilustrações eram do pai do Menino Maluquinho. A Internet cuidou de trazer os desenhos a milhares de crianças do Portal Educacional. Enquanto caprichavam no enredo, nas personagens e nos diálogos, elas estavam escrevendo uma página da história da literatura infantil. Nunca tantas crianças escreveram juntas um mesmo livro no Brasil.

A experiência era fora do comum. Ziraldo jamais tivera tantos parceiros. Para a maioria das crianças, também era uma aventura e tanto. Pela primeira vez elas teriam a emoção de ver sua obra concluída, enviá-la à editora e recebê-la de volta fresquinha, com seu nome impresso na primeira página. Seriam escritores.

Outra coisa fazia deste um momento muito especial: a história era sobre os direitos das crianças. Era a hora de pensar na importância de uma infância feliz, do apoio da família, dos cuidados com a saúde e de uma escola de qualidade. Os autores mirins falariam de direitos, de liberdade, de uma sociedade justa e sem preconceitos. E com a ajuda dos professores e dos pais todos conseguiram.

É fácil reconhecer uma boa história: é aquela que a gente não consegue parar de ler. A Oficina do Livro com Ziraldo é uma dessas histórias que a gente não quer que acabe. As crianças que apontem o lápis. Com outros escritores, elas ainda vão escrever muitos livros. E muitos finais felizes.

Se você quer saber como termina o primeiro capítulo da Oficina do Livro, clique aqui.