1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. Recife - Uma Veneza tropical?
   

Recife Arte

Chegar a Recife é mergulhar na arte. Das cidades que conhecemos, essa é a que mais abre espaço para a arte em suas mais diversas manifestações.
Assim que chegamos à cidade, chamou-me a atenção o noticiário da TV local: um “bloco” inteiro foi dedicado aos eventos musicais que estavam em cartaz.

Essa característica de Recife nós já conhecíamos. Quando passamos por aqui, há mais de três anos, conhecemos muitos artistas plásticos entre as pessoas com quem convivíamos e assistimos a várias peças infantis de teatro (o que é raro em outros lugares) e shows de música nas praças do Recife Antigo.

Mas de todos esses pontos, alguns se destacam e transformam Recife em um museu de arte a céu aberto. Em 1961, foi promulgada uma lei municipal que determina que, para que qualquer prédio com mais de 1.000 m2 obtenha licença para ser habitado, deverá haver em sua entrada ou fachada um painel ou escultura. Isso foi um grande incentivo para os artistas locais, que tiveram seu mercado ampliado. E a população também ganhou, pois passou a ter contato diário com a arte e pode admirar obras de grande beleza, de autores reconhecidos nacional e internacionalmente, enquanto caminha pelas ruas.

Recife é a única cidade do país que tem consórcio de obras de arte, uma prova do interesse dos moradores locais por esse tema.

 

   
Leia mais
Introdução
Água de beber
Agenda 21
Leia também
Recife Arte
Museu Recife
Veja as fotos
Sugestões para o professor
Visite o projeto
outras reportagens
• A transformação da água em Salvador
• Maceió: um lugar onde a água é um presente da natureza
• Fórum de Secretários de Recursos Hídricos do Nordeste
• Ouro verde, ouro azul e um agravante chamado seca
• Natal: um tesouro ameaçado
• Lençóis Maranhenses
• Vida e morte no coração da Amazônia